3 livros para ser detetive — autores estrangeiros

compre aqui

compre aqui

mais pistas falsas, mistérios perigosos, suspeitos estranhos e detetives engraçados!
depois de escrever sobre os 3 melhores escritores brasileiros de histórias de detetives na semana passada, deixo aqui mais 3 dicas de livros de detetives imperdíveis, mas agora é a vez de escritores americanos.
o bom é que, como os outros, as histórias destes se desenrolam em séries de vários livros; para leitores atentos, inteligentes e obsessivos. 😀

compre aqui

compre aqui

Quem poderia ser a uma hora dessas? {Só perguntas erradas, vol. 1} (Lemony Snicket, Cia. das Letras)
Lemony Snicket é o pseudônimo do escritor americano Daniel Handler, autor da série de 13 volumes Desventuras em série sobre os irmãos Baudelaire. nesta nova série, Só perguntas erradas, acompanhamos o pequeno Lemony Snicket em seu primeiro ano depois de formado na academia de detetives, com sua tutora descabelada S. Theodora Markson pela cidade de Manchado-pelo-mar à procura de quem roubou a estatueta da Fera Ressonante. ao mesmo tempo intrigante e irreverente, Lemony Snicket tem um jeito sarcástico que cativa já nos primeiros parágrafos.

compre aqui

compre aqui

O labirinto dos ossos {The 39 clues} (Rick Riordan, Ática)
Rick Riordan é um escritor americano bastante conhecido pela série Percy Jackson & the Olympians, que virou uma franquia de filmes. nesta ambiciosa série, ele participa como autor de alguns volumes (cada livro é escrito por uma pessoa diferente) e como organizador da coleção. o primeiro livro, Labirinto dos ossos, foi escrito por ele e conta a história de dois irmãos, Dan e Amy, que ficam órfãos (como os Baudelaire do Snicket) e precisam escolher entre receberem uma herança milionária ou participarem de uma ‘caça ao tesouro’ em busca das 39 pistas que formam o ingrediente do soro capaz de criar o humano mais poderoso do mundo.

compre aqui

compre aqui

A misteriosa sociedade Benedict (Trenton Lee Stewart, Galera Record)
Trenton Lee Stewart é um escritor americano que ficou conhecido após o primeiro livro da série A misteriosa sociedade Benedict ter ficado na lista dos mais vendidos do New York Times e de ter recebido prêmios no ano de sua publicação. depois disso, Trenton Lee escreveu mais dois volumes da série, A misteriosa sociedade Benedict e a jornada periculosaThe mysterious Benedict Society and the prisioner’s dilemma (ainda sem tradução no Brasil), além do livro The extraordinary education of Nicolas Benedict (também sem tradução aqui), sobre a vida do personagem que dá nome à sociedade do livro. o primeiro volume conta a história de quatro jovens que se conhecem após lerem um misterioso anúncio no jornal para participar de uma série de testes para crianças excepcionalmente inteligentes, e após serem selecionados, partem numa busca misteriosa para descobrir um enigma que deixa a todos perplexos.

Anúncios
Categorias: livros, livros infantis | Tags: , , , , , | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “3 livros para ser detetive — autores estrangeiros

  1. Rosalina

    Oi!! adorei as indicações de livros, muito legal! Sempre sinto falta de informação sobre a faixa etária de indicação e maior aproveitamento pelas crianças dos livros, principalmente qdo a compra é pela internet e não podemos folheá-los… fica a dica pra vcs, iria enriquecer muito! bjos

    • oi, Rosalina!
      muito obrigada pelo seu comentário! 😀
      sabe que eu, Marina, tenho um problema com indicação de faixa etária para livros… hoje, com filhos, vejo como crianças de uma mesma idade são tão diferentes, têm gostos e hábitos diversos; não consigo encaixá-las todas numa categoria só, sabe?
      estes livros sobre detetives, por exemplo, são normalmente indicados para crianças pré-adolescentes (por volta dos 12 anos, talvez) pois já leem sozinhos e têm maior capacidade para reter esse tanto de informação. contudo, conheço várias crianças mais novas que leriam com alguma dificuldade (mas não menor interesse) ou até gostariam de ouvir essas histórias.
      então, acabo achando que o mais adequado é a gente conhecer o leitor que queremos presentear com o livro e arriscar. 😉

palpita aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Mães Loucas

porque "mãe louca" é redundância.

Mãe-solteira recém-casada

porque "mãe louca" é redundância.

porque "mãe louca" é redundância.

Mamatraca

porque "mãe louca" é redundância.

bora.ai blog

bora aí blog - dicas

Minha Mãe que Disse!

porque "mãe louca" é redundância.

Pequena que pariu

porque "mãe louca" é redundância.

O Blog da Sofia

Tudo sobre bebês e ser mãe, da gravidez ao nascimento do filho.

%d blogueiros gostam disto: