Papo de Pai Louco – conheça o Frederico Hee Neto

Helloucas!

E o Papo de Pai Louco de hoje tem uma pessoa que eu nunca imaginei que faria parte do meu grupo de pessoas queridas… Calma, eu explico!!

Conheci o Frederico, ou melhor, Sensei Fred na época em que eu lutava Kenpo Havaiano com minha querida amiga Helena. Sempre rolavam eventos e viagens, e pensa numa pessoa chata que adorava pegar (muito) no pé da gente: Sensei Fred, claro! Mas a ironia do destino (e a vontade de treinar com meu então namorado e atual marido, o amor é lindo!) me fez virar aluna dele e toda a minha birra deu lugar a um grande respeito e carinho.

Com o passar do tempo, a arte marcial acabou dando espaço para a área financeira. Acompanhamos casório, nascimento dos filhos e, sendo o paizão que é (do foféeeeesimo Guilherme), não podia deixar de convidá-lo para este papo.

Apresento a vocês o Frederico (pra mim, sempre Sensei Fred)!

Seja bem vindo, Fred!

********************************************************************************************************

imageML: O que você lê com seu filho? (quando você escolhe, não ele)

Fred: O Gui, por ser muito novo ainda, não é um apreciador da leitura, ele não tem paciência de ficar quieto prestando atenção. Por enquanto, quando ele pega algum livro na mão, ele geralmente morde o livro, arranca as páginas, ou simplesmente fica passando as folhas sem que dê tempo para começar a ler a história.

ML: E o que você lê quando está sozinho?

Fred: Admito que nunca fui um apreciador da leitura (acho que ele puxou a mim…kkkkk), mas leio a revista Veja e, durante a semana, leio jornal.

ML: Quais são as 5 melhores músicas para se ouvir com seu filho?

Fred: Hot Dog (Mickey Clubhouse) – Dona Aranha – Patati Patata – Abertura do desenho “Jack Neverland Pirates” – Palavra Cantada.

ML: E as 5 melhores para ouvir sozinho?

Fred: Beatiful Life (Gui Borato) – Hey (Carlo Dall Anese) – Safe and Sound (Capital Cities) – Where the Streets Have No Name (U2) – Every Teardrop Is a Waterfall (Coldplay).

ML: Passatempo preferido para fazer com seu filho?

Fred: Gosto de passear com ele pelo bairro e pela Ciclovia que tem perto de casa. Ele fica observando tudo e todos que passam. Tem também um parquinho, ele adora subir a escada (sobe sem medo) e descer no escorregador com os braços para cima! rsrsrs

ML: Melhor passatempo quando você está sozinho?

Fred: Adoro ver filmes.

ML: Em que sentido seu filho te faz uma pessoa melhor? Ou não faz? rs

Fred: Com certeza eu me tornei uma pessoa melhor, mais humana, mais atenciosa, mais cauteloso. Hoje olho para algumas coisas que antes não tinham tanta importância e, só depois que você vira pai, você sabe o significado de um abraço quando seu filho vem chorando, querendo colo por algum motivo, e não desgruda do seu pescoço. Essas coisas fazem a gente se tornar pessoas melhores.

ML: O que você descobriu no universo paterno que te surpreendeu (no bom sentido)?

Fred: Que trocar uma fralda não é aquele “monstro” que você achava! rsrsrsrsrsrs E que ser pai é uma sensação única é inexplicável….

ML: E o que você não suporta a respeito do mundo paterno?

Fred: Não sei se tem algo no mundo paterno que eu não suporte.

ML: Uma característica do seu filho da qual você se orgulha?

Fred: Difícil, pois o Gui ainda está com 1 ano e 10 meses e começou a descobrir as coisas agora. Acredito que daqui para frente ele vai começar a demonstrar traços e características que hoje são difíceis de definir.

ML: E uma da qual você se orgulha em si mesmo, como pai?

Fred: Tenho orgulho de falar e principalmente de mostrar que dou conta do recado, pois minha esposa viaja 2 vezes por ano e fica uns 20 dias longe em cada viagem e eu fico sozinho cuidando do Gui, sem precisar de babá para ajudar, de mãe….. acho que ser pai é isso, tem que participar.

ML: Vida de pai, antes e depois: é muito diferente? Por quê?

Fred: Totalmente diferente; quando você acha que já está pronto para ser pai, precisa ter em mente que sua vida vai mudar, suas prioridades vão mudar, e que daqui para frente você terá uma pessoinha que depende 100% de você, e seus atos e ações vão refletir em seu filho.

ML: Que tipo de indivíduo você espera deixar para o mundo?

Fred: Um homem educado, com caráter e princípios éticos acima de tudo, tentar passar para ele que tudo na vida se conquista com suor e trabalho duro, nada vem de graça, é preciso fazer para merecer.

Anúncios
Categorias: convidados, Papo de Pai Louco | Tags: , , | 1 Comentário

Navegação de Posts

Uma opinião sobre “Papo de Pai Louco – conheça o Frederico Hee Neto

  1. Wanderley Hee

    Sou o pai desta maravilha FREDERICO e avo desta outra grande maravilha Guilherme.

palpita aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Mães Loucas

porque "mãe louca" é redundância.

Mãe-solteira recém-casada

porque "mãe louca" é redundância.

porque "mãe louca" é redundância.

Mamatraca

porque "mãe louca" é redundância.

bora.ai blog

bora aí blog - dicas

Minha Mãe que Disse!

porque "mãe louca" é redundância.

Pequena que pariu

porque "mãe louca" é redundância.

O Blog da Sofia

Tudo sobre bebês e ser mãe, da gravidez ao nascimento do filho.

%d blogueiros gostam disto: