Papo de Pai Louco – conheça o Paulo Rouvier

O Paulo Rouvier é pai de um dos queridos amigos da escola do Eric, o Thiago!

E como a maioria dos pais, o conheci na porta da escola e nas inúmeras festinhas de aniversário, juninas, mostra de trabalhos etc. que aconteceram no decorrer desses últimos 4 anos. Aliás, ouso dizer que o Paulo é o pai com participação mais assídua em eventos, merecedor de uma salva de palmas! (depois a Esther, mulher dele, manda a receita para a gente, rsrs).

Recentemente tive a oportunidade de conversar mais com o Paulo e acompanhar esse lado paterno mais de perto, mostrando que, além da participação ativa no lazer, ele também tem grande preocupação com a educação, sociabilização e futuro do Thiago. Ele é o tipo de pai que pesquisa, visita escola, troca ideia com outros pais, enfim, não mede esforços proporcionar o melhor ao filho!

Seja bem vindo, Paulo!

********************************************************************************************

 

 

pai louco - paulo

 

 

ML: O que você lê com seu filho? (quando você escolhe, não ele)

Paulo: Eu tenho o costume de criar histórias. Cada vez que as conto, tenho a possibilidade de melhorar ainda mais a narrativa e as riquezas de detalhes. Isso faz com que o Thiago também participe nas ideias dos cenários. Quem sabe não nos juntamos com algum desenhista para escrever um livro “Pai e Filho” de historias infantis?

ML: E o que você lê quando está sozinho?

Paulo: Atualmente, livros ligados a temas da Conscienciologia, Assitenciologia e Projecciologia.

ML: Quais são as 5 melhores músicas para se ouvir com seu filho?

Paulo: Ele não nos dá muita chance de ouvir nada fora das músicas da Turma do Doki. Mas ele também gosta muito de ouvir e cantar conosco as músicas do CD do curso de Inglês The Kids Club. Agora os nomes das músicas fica meio difícil de falar quais são…

ML: E as 5 melhores para ouvir sozinho?

Paulo: Tenho um gosto eclético quanto a música. Não há exatamente as 5 melhores. Tenho preferências musicais assim como as bandas que costumo gostar mais. Pegando músicas que vão das bandas Lynyrd Skynyrd, Rush, Iron Maiden a Bon Jovi, Oingo Boingo e outros. Não falei que era eclético? Porém, as TOP 5 sempre mudam de acordo com o dia!

ML: Passatempo preferido para fazer com ele?

Paulo: Desenhos, criação de robôs, bonecos, maquetes, entre outras coisas feitas de caixa de papelão. Gosto muito de esportes, mas ultimamente tenho me dedicado bastante a desenvolver a criatividade do meu filho! Somos imbatíveis!! Kkkkkkk!

ML: Melhor passatempo quando você está sozinho?

Paulo: Meus passatempos são praticamente feitos em grupos. Seja junto à minha família, amigos ou conhecidos. A não ser quando me dedico aos cursos e leituras dos livros ligados ao Instituto Internacional de Projeciologia e Conscienciologia (IIPC.org).

ML: Em que sentido seu filho te faz uma pessoa melhor? Ou não faz? rs

Paulo: Meu filho foi o agente principal da minha humanização. Do momento em que soube da sua gestação, parece que o amadurecimento pessoal e as minhas ações tomaram outras proporções muito mais condizentes com o que realmente tem valor em minha vida.

ML: O que você descobriu no universo paterno que te surpreendeu (no bom sentido)?

Paulo: Que dar passagem para uma nova vida em que você tem uma parcela de responsabilidade muito grande é extremamente gratificante! Além disto, me recordo que sempre ao conversar com o meu Pai, eu falava: “Pai, dificilmente eu poderei ser um pai tão legal quanto você!”, tamanha minha admiração pelo carinho e dedicação do meu Pai. Conforme as respostas que sempre ouvi do meu Pai, pude me surpreender que ele estava certo! Sinto que para o meu filho sou uma referência forte, assim como meu pai é para mim.

ML: E o que você não suporta a respeito desse universo paterno?

Paulo: Às vezes, com o cansaço do dia a dia de trabalho, chegamos em casa exaustos e com menos propensão a participar intensamente da vida de Pai e Filho, brincando, dando toda a atenção requerida pelo seu filho todas as noites! Mas é nessa hora que temos que manter a lucidez, respirar fundo, pegar forças e ver que aquela pessoa estava esperando por aquele momento contigo! Ao final você pode estar mais exausto do que no início. Mas você sentirá uma alegria imensa de ter feito a coisa certa!

ML: Uma característica do seu filho da qual você se orgulha?

Paulo: O Thiago é um filho extremamente amoroso e bondoso! Essa caracteristica dele contagia o ambiente e a nós mesmos! Nos mostra como viver é simples e fácil!

ML: E uma da qual você se orgulha em si mesmo, como pai?

Paulo: Meu filho adora minha companhia, minhas molecagens e minhas criações com ele. Quem não se sente orgulhoso em ser amado por um filho?

ML: Vida de pai, antes e depois: é muito diferente? Por quê?

Paulo: Bem diferente, porém bem mais rica em relação às experiências e aos verdadeiros valores de uma vida! Antes, mesmo inconscientemente, dávamos mais espaços às vaidades dos nossos próprios egos. Sendo pai, isso perde a importância que tinha. Há uma vida em desenvolvimento onde os Pais são peças fundamentais para a educação e o direcionamento dos filhos.

ML: Que tipo de indivíduo você espera deixar para o mundo?

Paulo: Uma pessoa feliz, que tenha valores calcados na ética e na bondade. Que também possa dar assistência às outras pessoas e possa ter as condições de dar andamento ao seu desenvolvimento pessoal!

Anúncios
Categorias: convidados, Papo de Pai Louco | Tags: , , | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “Papo de Pai Louco – conheça o Paulo Rouvier

  1. Hilda Luzes Rouvier

    Sou a mãe dele, sou suspeita em falar nele, mas acho um filho verdadeiramente maravilhoso!!! Tenho muito orgulho dele!!!
    Só nos deu alegrias e continua dando essas atitudes de Homem
    com um caráter incontestável…
    Hilda Luzes Rouvier.

  2. Hugo Plinio Rouvier

    Falar de Paulo Sérgio, Filho muito Amado, é por demais comovente, face à grandeza do compartilhamento de Espíritos afinados com o BEM e consecução de elevação espiritual.È amor de respeito, admiração, imensa alegria e felicidade. È um Filho Muito Especial. Regozijo-me pela maneira pontual, honesta, amorosa, compreensiva e das sutilezas na educação do filho Thiago(neto cuidadoso e amoroso com o avô), sempre amparado pelo amor transcendente da excelsa Mãe Esther.

palpita aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Mães Loucas

porque "mãe louca" é redundância.

Mãe-solteira recém-casada

porque "mãe louca" é redundância.

porque "mãe louca" é redundância.

Mamatraca

porque "mãe louca" é redundância.

bora.ai blog

bora aí blog - dicas

Minha Mãe que Disse!

porque "mãe louca" é redundância.

Pequena que pariu

porque "mãe louca" é redundância.

O Blog da Sofia

Tudo sobre bebês e ser mãe, da gravidez ao nascimento do filho.

%d blogueiros gostam disto: