Crianças e Beach Park: um caso de amor

Hellooooooooooucas!!!

Eu voltei, voltei para ficar…. porque aqui, aqui é o meu lugaaaaaaaaar!!!!

Depois de um tempo repensando a vida numa crise existencial que eu nunca me permiti ter… to na área!!! Não que eu já super tenha me encontrado, mas estou na luta, rsrsrs. Se eu achar que minha experiência poderá ajudar alguém, conto aqui, do contrário, pouparei vocês, ok? 🙂

Mas enfim, nada como uma mudança de ares para uma reflexão mais eficiente, não? Melhor ainda na brisa deliciosa do Ceará, a dica de hoje aqui do Blog!

O alvo foi o Beach Park: se acabar nos tobogãs e passar um tempão como focas preguicentas na beira da piscina… delícia!! Aproveitamos essas ofertas de aéreo que as companhias têm oferecido e, com isso, viabilizamos quase uma semana de férias no meio do primeiro semestre, no feriado da Páscoa. Passagens para Fortaleza compradas, próximo passo: locomoção.

À pé ou de carro?

beach park mapa

Para quem não sabe, o parque fica numa cidade próxima a Fortaleza, chamada Aquiraz. Como o objetivo da viagem era curtir as kids, nossa ideia era ficar nessa região, o mais perto possível do parque (sem gastar 1 milhão de dólares nos resorts da região) porque:

– poderíamos aproveitar a praia em frente ao local de hospedagem;

– a praia era maravilhosa, limpa, tranquila, sem ambulantes e “piri-piri-piradinha” ou “pre-pa-ra” maltratando os ouvidos;

– poderíamos ir à pé ao Beach Park com as kids e sem sofrimento \o/.

E como não alugamos carro, a opção foi contratar um serviço de traslado com o Felipe, que nos pegou no aeroporto (e nos levou de volta) com todo o conforto e segurança. Super recomendo!!

E pesquisando as opções, decidimos alugar um apartamento no Beach Park Living, um condomínio de unidades particulares administrado pelo próprio Beach Park, através de uma corretora super atenciosa chamada Jane, que cuida de várias unidades naquele local, através do site “alugue temporada“.

Fortaleza (108 of 257)

Ficamos muito bem instalados num apartamento lindo, decorado, com ar condicionado, geladeira, fogão cooktop, microondas, máquina da lavar louça (ameeeei) e roupa, jogos de roupa de cama e banho impecáveis. Isso sem falar numa sacada deliciosa com mesa para as refeições e um sofá, tudo com uma vista linda das piscinas do condomínio e da praia.

Na minha opinião, o ponto favorável de ficar num condomínio foi a sensação de estar em casa, sem a formalidade de um hotel. Por outro lado, como era um condomínio com vários proprietários que já se conheciam, foi inevitável o olhar de “quem são esses aí?” mas, de verdade, naaaaada traumático!! rsrs

Na última vez que estive com o maridão na região, sem as crianças, ficamos no Acquaville Resort. É um local delicioso, também dá para ir à pé para o parque, mas fica um pouco mais longe. Eu não arriscaria com as crianças quando a ideia for quase que exclusivamente o Beach Park…

Mas e o parque?

Fortaleza (51 of 257)

Nós fomos meio que sem planejamento quanto às atividades, passeios, quantidade de dias de parque, para poder sentir o pique das crianças, mas quando elas viram a estrutura, quase surtaram e por isso acabamos optando pelo pacote de 3 dias.

Aliás, o site do parque é bastante informativo: tem os valores, dias que o parque não abre, atrações, altura mínima permitida etc. Geralmente não abre às quartas-feiras, mas é essencial acessar antes de planejar a viagem para verificar outros dias que possa não abrir também.

As crianças até 12 anos pagam tarifa reduzida e aquelas com até 1m de altura não pagam ingresso, seja qual for a idade.

Ah, importante: verifique a altura permitida para as atrações e meça seu filho antes de ir. Se não atingir a altura mínima, a criança não poderá ir no brinquedo por questões de segurança, e os monitores são super rigorosos.

Vão passar fome?

Pergunta feita por 10 entre 10 mães, não???? E sobre o assunto comida, na boa, vai de cada mãe decidir, de acordo com o que o filho costuma comer! Como as kids já estão com 5 e 4 anos, eu resolvi arriscar e só levei de casa algumas bolachas para comer no avião na decolagem e aterrissagem (e evitar gritos de dor de ouvido)!

O Felipe (do traslado) nos indicou um mercadinho perto do condomínio e um restaurante com ótimo custo benefício – ainda mais com crianças – chamado Planet Dunas. O tal mercadinho era basicão mas pudemos comprar um pouquinho de tudo para abastecer a geladeira, levando em conta que estávamos em uma cidade bem pequena e eram “férias”, ou seja, naturalmente não daria para comer a mesma coisa que em SP. Fomos a pé e ainda descolamos uma carona de volta de taxi em razão do gasto superior a R$ 100,00. As crianças acharam o máximo!

No primeiro dia de Beach Park, decidimos dar o almoço antes de ir, já que o parque só abriria as 11h. A ideia era comer um lanche por lá e jantar no Planet Dunas, que tinha o serviço de “leva e traz hóspedes”, mas a Luna voltou tão exausta do parque que dormiu durante o jantar todo! Estava claro que teríamos que mudar os planos…

Fortaleza (107 of 257)

Nos demais dias, tomamos um café reforçado e fomos para o parque logo após o horário de abertura. Lá almoçamos e lanchamos e o jantar foi preparado no apartamento. Muito melhor e menos cansativo para as crianças!

Para quem estiver de carro e quiser curtir um restaurante maravilhoso, precisa ir ao Alecrim. Estivemos lá sem as crianças, em outra oportunidade:  uma delícia!!!

No parque há várias opções (veja aqui), incluindo salgados, sanduíche, espetinhos e buffet com preço meio caro mas não absurdo. Do lado de fora do parque tem um bar “pé na areia”, chamado Bech Park Praia, que também serve bebidas e comidas. Nós optamos por comer dentro do parque por questão de comodidade e preço!

O importante é ter sempre em mente que está viajando com crianças e o fato de estar longe de casa e da rotina certamente acaba alterando (e às vezes muito) o comportamento delas. Minha dica é ficar bem atenta às necessidades das crianças, tentar seguir (nem que mais ou menos) os horários de refeição e não forçar que a criança fique acordada para aproveitar cada instante. Lembre-se que uma criança cansada e com sono pode dar um chilique daquelessssssss!!! Respeite esse momento e aproveite para descansar nas espreguiçadeiras ou se informe sobre o Espaço Cabanas que existe no parque.

E as crianças realmente aproveitaram?

Sim, muito!!!! E nós também!!! O parque é uma delícia e qual criança não gosta de água??? (eu disse água, não banho, ok? hahaha)

Das outras vezes que visitamos o parque, sem crianças, o foco era aproveitar todos os tobogãs, mil vezes, até quase vomitar de tanto girar dentro de tubos a exaustão!!! Com as crianças, aprendemos a apreciar a correnteza, o maremoto (piscina de onda), apostar corrida com a família toda no tobogã deslizante, curtir as áreas infantis com canhões, o balde gigante que despeja água… E nem por isso deixamos de ir aos tobogãs, pois em muitos deles o Eric tinha altura e pôde ir, acompanhado por mim ou meu marido.

1 dia seria pouco… 3 dias foram ótimos, mas se tivessem uns a mais eu não ficaria triste não!!! rsrsrs

Fortaleza (67 of 257)

E o que mais?

Ainda restava um dia, ou melhor, uma parte dele e decidimos fazer um passeio curto de buggy pela região. As crianças piraram nas dunas “com emoção” e desceram no tobogã chamado “Insano natural”.

beach park ski bunda

Eric ainda se aventurou no ski-bunda com louvor! Confesso que eu estava doida para ir, mas quando lembrei o tamanho da escada de subida na volta  desisti!!! #evitandoafadiga

Andamos de jangada, passamos pelo local onde foi gravada a novela Tropicaliente (aquela da Açucena, lembram?? segue a abertura para matar a saudades aqui, rsrsrs) e as crianças puderam conhecer e segurar o menor caranguejo (e sua respectiva esposa) do Brasil!

Fortaleza (119 of 257)

Eu confesso que estava mega tensa com as crianças em cima daquele buggy, trepidando nas dunas (sabe coisa de mãe, que nunca passou pela cabeça nas viagens anteriores?)… Ficava repetindo o tempo todo “segura firme essa mão aí” enquanto ficava tentando segurar as kids, o buggy, o biquini, rezando para ninguém pular ou cair… Bom, deu tão certo que Luna dormiu durante o trajeto de volta ao condomínio, e não soltou a mão!!!! rsrsrsrs

Voltamos ao apartamento, almoçamos, ajeitamos as coisas e logo vieram nos buscar para o aeroporto….

E assim foi a nossa viagem com as kids para o Beach Park!!! Sensação de missão cumprida e com muito gostinho de quero mais!!!

Saudades daquele calor delícia… e repetir tudinho… E nesse frio insuportável que se encontra SP, Eric, assistindo a previsão do tempo no jornal nacional, solta um: “eu não aguento mais esse frio, vamos embora para o Ceará”

Vamossssssssssssssssss!!!! \o/

Beijos e até a próxima!!!

 10155502_10152416585094459_2193291196740788966_n
Anúncios
Categorias: passeios, praia, viagens | Tags: , , , , , , , | 5 Comentários

Navegação de Posts

5 opiniões sobre “Crianças e Beach Park: um caso de amor

  1. Lilian

    Fe, sua linda, que saudades!!!! Adoro o Ceara tb! Bjo nas kids e ó, bora marcar chocopingar!

  2. Cristofer

    Fui no beach Park hj pela 1x!
    Já cumpri a etapa de só eu é minha namorada, voltarei o dia que tiver filhos e farei o seu planejamento kkk
    Bjs

  3. Que delicia!!!! Acabei de ver suas fotos!!!! Aproveitem muito a pegada casal, tobogãs, ski bunda e afins!!! Bjo em vc e Tha!

  4. Lidiane

    Olá! Vou para o BP em outubro com o marido e minha filha de 2 anos. Vamos ficar no Suites Resort, ocê conhece? Adorei as dicas, principalmente esta de planejar o jantar “em casa”!
    Abs

palpita aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Mães Loucas

porque "mãe louca" é redundância.

Mãe-solteira recém-casada

porque "mãe louca" é redundância.

porque "mãe louca" é redundância.

Mamatraca

porque "mãe louca" é redundância.

bora.ai blog

bora aí blog - dicas

Minha Mãe que Disse!

porque "mãe louca" é redundância.

Pequena que pariu

porque "mãe louca" é redundância.

O Blog da Sofia

Tudo sobre bebês e ser mãe, da gravidez ao nascimento do filho.

%d blogueiros gostam disto: