Papo de Pai Louco — conheça o Francisco Santos

O Francisco, para mim, foi apresentado como Chicão, e isso já faz mais de 10 anos… Ele trabalha no acampamento junto com meu marido, quase mesa colada, o que permitiu acompanhar bastante a vida da família e o crescimento do Thomas, um garoto figura, hoje com 7 anos.

O Chicão é daqueles caras que conversam sobre tudo:  tecnologia, publicidade, política, comportamento… não tem receio de postar suas ideias e defende seu posicionamento com emoção e fundamento. E num dia qualquer, enquanto almoçávamos, não é que ele estava surpreso contando sobre a riqueza de argumentação utilizada pelo filhote sobre algo relacionado à escola (que não lembro ao certo)…. Surpreso? Filho de peixe, né?

E quanto à paternidade (afinal é o que viemos falar por aqui!) o Chicão é um dos caras mais participativos que eu conheço! (certamente você já cruzou com ele pela fan page do Blog, comentando ou compartilhando posts.)

Já conversamos muito sobre educação, primeiro dia de aula no colégio novo e a temida adaptação, rotina alimentar, esportes, primeira viagem sem os pais… Enfim, ele veste a camisa da paternidade sem ficar reclamando por qualquer motivo (besta) e se mostra com atitudes que realmente se preocupa com o futuro do seu filho e bem estar da família!

Sem maior enrolação, é com prazer que apresento Francisco Santos, o Chicão!

Seja bem vindo!

*******************************************

Chicão e Thomas

Thomas & Chicão

Mães Loucas: O que você lê com seu filho? (quando você escolhe, não ele)

Francisco: Uma Bíblia em quadrinhos muito legal desenhada por um cara que trabalhava na Marvel.

ML: E o que você lê quando está sozinho?

Francisco: Assuntos relacionados a Espiritualidade e Gestão de Tempo (acho que nenhuma das coisas tem funcionado!…rsrsr)

ML: Quais são as 5 melhores músicas para se ouvir com seu filho?

Francisco: Humm…vou anotar isso! Não ouvimos música juntos…

ML: E as 5 melhores para ouvir sozinho?

Francisco: Qualquer coisa do U2 e do Lenine.

ML: Passatempo preferido para fazer a dois?

Francisco: Brincar com ele de montar trilhos do Thomas (o trem) e criar histórias com blocos de montar.

ML: Melhor passatempo quando você está sozinho?

Francisco: Assistir documentários na TV e filmes.

ML: Em que sentido o Thomas te faz uma pessoa melhor? Ou não faz? rs

Francisco: Quando vou tomar qualquer atitude (estou falando das simples, a vida é feita das atitudes simples) seja dirigindo, trabalhando ou no trato com as pessoas, eu me preocupo muito mais com o exemplo que estou mostrando para ele. E com isso percebo uma melhora em mim!

ML: O que você descobriu no universo paterno que te surpreendeu (no bom sentido)?

Francisco: Eu li uma frase na parede da maternidade onde ele nasceu que explica como me sinto: “Ter filho é escolher ter para sempre o coração fora do corpo”, é isso mesmo! Você olha uma outra pessoa e percebe que por ela você daria sua própria vida, ao mesmo tempo em que também sabe que não pode fazer tudo por ela, porque lá na frente esta proteção toda pode fazer muito mal. Não se ensina em lugar nenhum como lidar com isso.

Quando eu peguei ele nos braços pela primeira vez, pensei: “E agora?”, não imaginava que seria capaz de ser pai! E com tentativas bem sucedidas e outras não, fui me descobrindo; redescobrindo e valorizando meus pais; aprendendo a perceber a beleza em pequenas coisas e gestos. Este pequeno já me ensinou tantas coisas que ele nem imagina.

E aí me lembro de uma frase que ouvi: “Mais importante que o destino é o caminho que você faz para chegar nele”.

ML: E o que você não suporta a respeito desse universo?

Francisco: Hummm… sabe que eu acho que não me enquadro no bicho homem tradicional. Eu limpo a casa, cuido do meu filho, cozinho e tudo mais. E não faço isso porque estou “ajudando” minha esposa. Faço porque tem que fazer e faço como parte da rotina da casa. Acho que o que me irrita seja exatamente esta postura machista tradicional que cria homens ausentes da família, em especial dos filhos, que compensa sua ausência mimando a prole e se justifica na rotina. O dia tem 24h para todo mundo. Homens e mulheres!

ML: Uma característica do seu  filho da qual você se orgulha?

Francisco: Ele é muito inteligente! kkkkk Sabe usar as palavras e sabe fazer perguntas. Ele também se comporta muito bem mesmo quando não está comigo ou com a Sintia. Acho isso importante.

ML: E uma da qual você se orgulha em si mesmo, como pai?

Francisco: Paciência e respeito. Eu tenho paciência de sentar e conversar olho no olho com ele, leve o tempo que for necessário. Nunca ameacei bater nele! Também percebo que ele sabe que o respeito como pessoa e que a opinião e necessidades dele (as que ele acha importante, não as que acho por ele) são importantes para mim!

ML: Vida de pai, antes e depois: é muito diferente? Por quê?

Francisco: MUITO!!! Às vezes me pego falando “quando eu era solteiro” me referindo a quando não tinha filho! A relação com o tempo e as coisas que você pode fazer com ele mudam completamente por causa do filho e a relação com as pessoas também. Você percebe que tem mais uma agenda para administrar! É uma loucura… e isso porque só tenho um!

ML: Que tipo de indivíduo você espera deixar para o mundo?

Francisco: Alguém que entenda que o mundo não gira em torno do seu umbigo e que, se ele quer algo melhor para si, as pessoas que estão em volta também precisam estar melhores. E ele pode ajudar nisso. As pessoas valem mais do que as coisas!

Anúncios
Categorias: convidados, Papo de Pai Louco | Tags: , , , | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “Papo de Pai Louco — conheça o Francisco Santos

  1. Adorei a entrevista “papo de pai louco” com o Francisco, acho que é isso ! Ser pai e mãe é ensinar mas principalmente aprender. É se ver no filho e perceber que voce consegue ser uma pessoa ainda melhor através dele.

  2. Adilton oliveira

    Eu conheço o Chicao há mais de 20 anos e conversando com ele na ultima vez que nos encontramos deu para perceber o grande PAI que ele. Me orgulho do homem e do pai de família que ele se tornou!

palpita aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Mães Loucas

porque "mãe louca" é redundância.

Mãe-solteira recém-casada

porque "mãe louca" é redundância.

porque "mãe louca" é redundância.

Mamatraca

porque "mãe louca" é redundância.

bora.ai blog

bora aí blog - dicas

Minha Mãe que Disse!

porque "mãe louca" é redundância.

Pequena que pariu

porque "mãe louca" é redundância.

O Blog da Sofia

Tudo sobre bebês e ser mãe, da gravidez ao nascimento do filho.

%d blogueiros gostam disto: