Cumplicidade entre irmãos

Olá Loucas!!!

Essa semana aconteceu algo tão inusitado que eu resolvi trocar meu post de hoje assim, de última hora, para compartilhar com vocês!

Em casa, toda vez que temos horário marcado para um compromisso é um verdadeiro martírio… A grande maioria das vezes chegamos atrasados, ou porque a Luna resolveu ficar pelada depois de prontinha para sair ou porque o Eric iniciou um festival de negociações já que, apesar do frio, ele acha super normal sair de casa de bermuda.

E essa semana não foi diferente… E com essa onda da manifestações, a cidade ficou com um trânsito ainda maior no horário de pico. Mas segunda-feira é dia de natação e já vou lembrando deste compromisso no carro durante o trajeto de volta da escola para casa e “clamando” por ajuda, na esperança de que eles consigam ficar prontos a tempo.

Às vezes até que dá certo, mas tem dia que eles estão especialmente “rebeldes”, e foi o caso dessa semana… E, de verdade, eu estava bem de “saco cheio” de ser a mãe chata, que corre atrás dos filhos colocando roupa enquanto o “ser” sequer levanta o braço para colocar a blusa, sabe???

Daí revoltei! Falei que eles não iam mais para a natação (rezando pra eles não soltarem um “ah, tá bom então, a gente nem queria mesmo”) e que eu ia dormir, já que eles não queriam “saber de nada”. E fui para o meu quarto, deitei na cama e fiquei de olhos “aparentemente” fechados, só espiando por um buraco milimétrico entre cílios, esperando o que ia rolar.

Para meu desespero, a Luna se plantou na porta do quarto do Eric e ficou só olhando para mim… Confesso que fiquei na dúvida se ela estava me testando ou se meu fingimento estava muito evidente… Mas me mantive lá, firme e forte, afinal, se eu não levasse adiante, iria cair em total descrédito perante eles. Tem cada coisa que mãe faz…

Foi quando eu comecei a ouvir do Eric:

“Vai Luna, sai daí… Se troca rápido!… Vem cá que eu não to conseguindo… Ó, me ajuda que eu te ajudo… Se não a gente não vai para a natação…”

E milagrosamente a Luna entrou no quarto e começou a fazer sei lá o que… Só sei que o Eric soltou um “isso Luna, isso mesmo, muito bem!”

Nesse momento um sentimento de felicidade enorme me tomou!!! Eu me senti a melhor mãe do mundo… Num momento de dificuldade, eles tinham esquecido todas as diferenças, todas as vezes que a Luna tinha atormentado o Eric dando abraços e beijos – no maior estilo Felícia – e estavam lá juntos, como uma verdadeira equipe!

E apesar de estar amando aquela “deitadinha” fora de hora, o tempo estava passando e levantei para ajudar a finalizar o processo. Entrei no quarto e o Eric estava de camiseta e sunga torta, ajoelhado, super concentrado, tentando colocar o maiô na Luna! E Luna com as mãos no ombro dele, um dos pés levantado e o outro balançando bastante, tentando se equilibrar!

Amei ver os dois irmãos se ajudando!!! E mais ainda essa cumplicidade, tão evidente naquele momento em que eu entrei no quarto!!! Eu já tinha presenciado diversas vezes a preocupação de um com o outro, em especial em momentos envolvendo saúde, mas essa ação conjunta, assim tão intensa, nunca…

Pode parecer bobagem, mas para mim isso é muito importante e sempre conversei com eles sobre cuidar do irmão, de ser o melhor amigo, da importância da família etc., mas eu sempre achei que entrava por um ouvido e saía pelo outro, que não fosse efetivamente absorvido. Até porque eles vivem discutindo, irritando um ao outro, não deixando o outro brincar. Coisa normal de criança, eu sei, mas eu já estava ficando extremamente i-r-r-i-t-a-d-a com essa confusão/discussão diária!!!

É tudo que eu mais quero na vida: que eles cresçam como irmãos, amigos, companheiros… E mantenham essa cumplicidade por toda a vida, independente da pessoa com quem venham a se casar e principalmente depois que eu não estiver mais nesse plano…

E vocês que têm dois ou mais filhos, já presenciaram um momento “cumplicidade entre irmãos” (ainda que para fazer algo errado, rsrs)?

Compartilhe com a gente!

Um grande beijo e até a próxima!

IMG_3377

Eric e Luna em um raro momento “cúmplice”

Anúncios
Categorias: desabafo | Tags: , | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “Cumplicidade entre irmãos

  1. Fê, eu compartilho totalmente desse seu sentimento! as primeiras vezes que peguei a Elis sendo solidária, tipo “big sister”, com o Chico quase me levaram às lágrimas!
    a mais emocionante –muito pelo estresse da própria situação– foi um dia em que eu estava de péssimo humor, voltando da escola com eles e o Caetano, mil mochilas, dor de cabeça, e o Chico resolveu fazer birra dentro do elevador. não queria sair de lá quando chegamos ao nosso andar, eu falei “ok, fica aí. tchau.” e comecei a tirar as coisas e fechar a porta do elevador. a Elis segurou a porta e falou “vem, Chico, vem”, toda carinhosa, dando a mão para ele levantar! ele levantou na hora, deu a mão pra ela e saiu, todo meigo…
    pluft!!

  2. Ida Maria Zoellner (Zô)

    Advinhem se a vovó chorou?! Óbvio! Que lindos! É tudo que nós ( mães e pais) queremos: que nossos filhos sejam companheiros, amigos, cúmplices entre si, pro resto da vida. Fê e Marina, a sementinha dessa união que vocês plantaram, já vingou! Bjssss

palpita aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Mães Loucas

porque "mãe louca" é redundância.

Mãe-solteira recém-casada

porque "mãe louca" é redundância.

porque "mãe louca" é redundância.

Mamatraca

porque "mãe louca" é redundância.

bora.ai blog

bora aí blog - dicas

Minha Mãe que Disse!

porque "mãe louca" é redundância.

Pequena que pariu

porque "mãe louca" é redundância.

O Blog da Sofia

Tudo sobre bebês e ser mãe, da gravidez ao nascimento do filho.

%d blogueiros gostam disto: