Cruzeiro com crianças: loucura em alto mar!

Oi pessoal! Tudo bem???

Em primeiro lugar queria agradecer todas as mensagens e comentários! São muito importantes e motivam todas do Blog a escrever mais e mais! Obrigada de coração!!!

Lembram que eu comentei que fiz um cruzeiro? Hoje foi contar um pouco dessa experiência para vocês.

Eu adoro navio! Já fiz alguns cruzeiros com o Kito, com meus pais, mas essa foi a primeira vez que reunimos a família para uma comemoração mais do que especial: as bodas de rubi (40 anos) dos meus pais! E de quebra, o aniversário da Luna!

Foram 7 dias de aventura com meus pais, irmãos, cunhada, marido e os filhotes passando pelo Rio de Janeiro, Angra dos Reis, Porto Belo e Ilhabela, no navio Costa Favolosa, da rede Costa.

Apesar de conhecer as particularidades de uma viagem de navio eu estava tensa, pois era a primeira vez que viajávamos com as crianças para um local onde dependeríamos 100% da estrutura e serviços oferecidos no pacote.

Conversei muito com meu marido sobre como seria viajar com os filhos e decidimos que a vontade deles seria a nossa prioridade. Também decidimos que não iriamos estressar por qualquer coisa que saísse um pouco da rotina, principalmente em relação a comida e sono. Claro que ficar sem banho não fazia parte dessas exceções e o Eric não gostou muito, rsrs.

Mas vamos lá!

Favolosa (39 of 98)

1) Acomodação: na cabine havia uma cama de casal, ao lado, uma cama de solteiro e outra logo acima desta, saindo do teto, como se fosse uma beliche. Apesar de haver grade, achei melhor não usar a cama superior, pois Eric e Luna se mexem muito a noite. Acabou servindo de apoio para as roupas usadas! Foram muitas variações: Kito e crianças na cama de casal e eu na de solteiro; Kito e Eric na de casal e eu e Luna na de solteira (essa foi sofrível); Eu, Eric e Kito na de casal e Luna na de solteiro, enfim, não tenho o que reclamar: a cama de casal era enorme e possibilitou ótimas noites de sono!

2) Refeições:

a) Café da manhã: Como as crianças acordavam às 9h00 da manhã (nem acreditei nesse milagre) a opção eram os restaurantes mais informais. Foi ótimo e até o leite de soja (hoje por preferência) também tinha, mas quem disse que eles quiseram? Comeram: pão de queijo, pão de forma com cream cheese, iogurte de morango, polenguinho e Luna ainda comia umas duas fatias de melancia.  Ah, e tomavam suco de laranja.

b) Almoço: Procuramos estabelecer as 12h00 como horário do almoço. Na maioria das vezes, optamos pelo restaurante informal, que era mais rápido e possibilitava às crianças voltarem logo à brincadeira. Comiam arroz e feijão ou macarrão, batata cozida ou frita e uma carne ou frango. Salada, legumes ou verduras nem pensar, mas eles já não são tão fãs disso, então não seria na viagem que eu iria obriga-los a comer. Senti falta de opções mais “magras” de carne. Eles queriam sempre comer hambúrguer ou filé de frango, mas era bem cheios de óleo (ok, sou chata). De sobremesa eles comiam um sorvete de morango de máquina, tipo Mc Donalds que eles amaram! Luna ainda comia melancia ou melão e Eric, com muito esforço, uma uva.

c) Lanche da tarde: Esse lanche variava muito, isso quando de fato acontecia. Podia ser bolachas ou frutas que existiam na cabine da avó, ou bolo, quando estavam no clubinho. Aliás, guardem bem esse nome: Squok Club.

d) Jantar: Nosso jantar foi marcado no primeiro turno, às 19h15, por causa das crianças. No restaurante formal as crianças comeram massas todos os dias, muitas vezes sem molho, a pedido deles. Nos primeiros dias, mal conseguiram finalizar o prato por conta do cansaço: dormiram no restaurante mesmo! A comida era uma delicia.

e) Comemoração: Luna comemorou seu aniversário 3 vezes! A primeira foi no próprio dia, que coincidentemente foi o jantar do capitão. Depois, num jantar especial, oferecido aos membros do Costa Club e o terceiro, na última noite da viagem, com as crianças do Squok Club. Ela ficou radiante, e o atendimento foi ótimo!

niver luna

3) Atividades:

É obvio que viajar com crianças é bem diferente do que apenas com o marido: a gente curte de outra maneira, não menos divertida, mas muito mais cansativa. Eles não param um minuto! A área da piscina infantil era ótima. Bem rasinha, com escorregador e uns cones que derrubavam água quando cheios em quem estivesse naquela região. Diversão garantida.

Convite

Logo na primeira noite aconteceu uma reunião do Squok Club,  um “clubinho” com atividades exclusivas para crianças coordenadas por monitores. Como nossa intenção não era larga-los lá e sim curti-los, deixamos as crianças a vontade para decidirem se queriam ir ao clubinho em algum momento do dia. Sem falar que, sendo um lugar em que não conhecíamos as pessoas e os procedimentos, iríamos simplesmente deixar as crianças e sair. O fato é que as crianças pediram para ir e amaram… A sala destinada às crianças era enorme, com vários ambientes e havia a opção de almoçar e jantar alguns dias no clubinho. Nos dias em que hvia a janta, era deixado um convitinho para a criança na caixa de correspondência do quarto.

Com o passar dos dias, realmente constatamos que, tanto o lugar como os monitores eram muito legais e por isso, as crianças pediram para ir com grande frequência para. Sabe aquela frase “criança gosta de estar com criança”? Então,  a partir do terceiro dia, conseguimos dosar melhor o tempo para que eles pudessem curtir os pais, a família, brincar com outras crianças e até dar uma descansadinha no meio do dia. Em um dos dias as crianças ensaiaram e apresentaram um teatro sobre fadas e duendes, que coisa linda!!! As crianças amaram e eu super recomento!

favolo (1)

A discoteca, destinada aos adultos era aberta exclusivamente às crianças em determinados dias e horários, o que também garantiu bons momentos de diversão. Eric ganhou o premio de dançarino Costa Favolosa! Para quem o conhece e sabe o quanto isso significa! (lembrem, ele fugiu da micareta durante as férias no acampamento aqui).

As atividades acabavam oficialmente à meia noite e o Eric bem que tentou argumentar sobre a possibilidade de ficar até esse horário, mas ir dormir às 22h30 já era um grande avanço! Para os pais que quisessem ultrapassar esse horário da meia-noite, por US$ 7,00 a hora, poderiam manter o filho lá até às 2h00 da madruga. Nem quis perguntar se alguém fazia isso e nem vou entrar nessa discussão, mas acho que tudo tem limite nessa vida, né?

4) Passeios:

Havia muitas opções de passeios nos locais de parada, mas levando em consideração o perfil e idade dos filhos e situações que poderiam ser um problema para um passeio em grupo (crianças querendo ir ao banheiro várias vezes, por exemplo) achamos melhor aproveitar o navio. Apenas em Angra nós descemos e demos uma volta rápida no centrinho onde tinham algumas lojinhas. Comprei um biquine lindo de gatinhos pra Luna e uma sunga pro Eric. Mas logo no inicio do passeio as crianças já reclamaram que estavam cansadas e não queriam andar! Rsrs

 DSC00715

5) Entretenimento:

Como em todo navio, as opções de lazer são muitas: espetáculos, bares com musica ao vivo, festas, cassino, lojinhas, mas, na minha opinião, mais voltadas aos adultos do que às crianças. A única vez que tentamos leva-los a um show de mágica, eles dormiram no primeiro numero…

6) Conclusão:

Um passeio ótimo para a família! As crianças não enjoaram um segundo sequer! Nos divertimos, conseguimos curtir muito as crianças e nos momentos em que eles estavam no clubinho também pude curtir o maridão e a familia! As crianças aproveitaram intensamente o navio e a familia. Os avós, nem se fala, né? Super recomendo!!!

avos

E você, gosta de cruzeiros? Já encarou? Conte para a gente sua experiência!

Um beijo e até a próxima!

Favolosa (38 of 98)

Anúncios
Categorias: geral | 7 Comentários

Navegação de Posts

7 opiniões sobre “Cruzeiro com crianças: loucura em alto mar!

  1. Ida Maria Zoellner (Zô)

    Adorei o post!! Luna e Eric só nåo gostaram quando a viagem acabou! Queriam “mais navio”!! Bjsss

    • Olá, eu sei que é um cliche mas não tenho como me expressar de forma diferente, (parabéns pelo blog, post), prende a gente, sentimos o calor humanos nos textos e artigos.

      Um site leva a outro e acabei encontrando vocês, adorei a parte da Luna comemorar o aniversário 03 vezes.

  2. Luciana Iung.

    Tudo bem que vocês escreveram essa parte do blog há algum tempo,mas adorei…já vou dormir aliviada.Fechamos hoje um cruzeiro neste mesmo navio pra dezembro, e de cara pra primeira pessoa que contei, “feliz da vida”, me disse que sou louca em levar minhas crianças pra um cruzeiro,afff fiquei preocupada…e amei encontrar esse blog de nome sugestivo,agora ate amei ser chamada de mãe louca.KKKKK.Obrigada meninas.vou visitar tudo agora.Luciana.

    • seja bem vinda, Lu!
      espero que curta as maluquices que escrevemos por aqui. 😉

    • Lu! Que bom que gostou!!! Nossa viagem de navio foi tão incrível que não vemos a hora de repetir! Quem sabe agora um internacional… Só não sei se o inglês não seria um problema para as crianças!! Seja muito bem vinda!! Bjos!!

  3. Luciana

    Mães Loucas,esta próxima a data da viagem…que frio na barriga.Mas acredito que vamos curtir muito.Compramos com antecedência e claro que tive um contratempo que quase nos fez cancelar tudo.Mas enfim decidimos ir.Agora vamos as malas…Em janeiro conto como foi.Beijos!Luciana.

palpita aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Mães Loucas

porque "mãe louca" é redundância.

Mãe-solteira recém-casada

porque "mãe louca" é redundância.

porque "mãe louca" é redundância.

Mamatraca

porque "mãe louca" é redundância.

bora.ai blog

bora aí blog - dicas

Minha Mãe que Disse!

porque "mãe louca" é redundância.

Pequena que pariu

porque "mãe louca" é redundância.

O Blog da Sofia

Tudo sobre bebês e ser mãe, da gravidez ao nascimento do filho.

%d blogueiros gostam disto: