O menino e seu amor pelo futebol

Como hoje é dia de jogo importante, tanto para o Corinthians como para o São Paulo, resolvi escrever sobre essa paixão de muitos, o futebol!

Era uma vez um menino, que como todo menino, um dia ganhou uma bola de presente…

Em casa, todos somos corinthianos. De verdade, daqueles maloqueiros e sofredores que defendem seu time, vão ao estádio, mas respeitam os amigos e não promovem discussões calorosas sobre o assunto.

Nesse ambiente, nasceu o Eric, atualmente com 4 anos. Ele tem uma paixão pelo futebol difícil de explicar. Pensando bem, paixão não, amor mesmo, pois é algo gostoso, calmo, sem sofrimento e muita dedicação.

 Já com 1 ano  e meio de vida, ele não desgrudava da bola e vivia comemorando “gol do coíntians”. Cantar o hino era tão natural que quase não percebemos, com o passar do tempo, as palavras “próprias” do mundo do Eric sendo substituídas pelas reais e exatas palavras da musica alvinegra.

Em sua primeira vez no Pacaembu prestou atenção em cada detalhe. Claro que não era um clássico, mas o estádio lotado garantiu olhinhos arregalados, num misto de alegria e espanto. Quando se soltou para cantar e comemorar o gol foi engraçadíssimo, conquistando todos à nossa volta!

Eric no Pacaembu

Quando ele percebeu que o primo mais velho, e ídolo, era palmeirense ele ficou confuso… Ele nos perguntava por que o primo – tão legal – não era corinthiano??? Foi nesse momento que tivemos que ensinar ao nosso pequeno a respeitar o time e a escolha de cada pessoa. E ele levou isso a sério. Quando está assistindo um jogo com o primo, ele torce junto, pois não quer vê-lo triste com uma derrota. Confesso que é emocionante ver!

Rony Marco Eric

Um belo dia, o Eric perguntou ao avô – também palmeirense: “se o Corinthians jogar com outro time, você torce para o Corinthians?” O avô respondeu que sim (o que não se faz por um neto, rsrs). Não satisfeito, ele continuou: “vovô, se o Corinthians jogar com o Palmeiras… (nesse minuto se fez uma pausa e o avô logo esperando o mesmo desfecho) … você torce para empatar?” Pronto, avô sem palavras, mãe já com os olhos cheios de água, todos de boca aberta… Porque pra ele é assim, o importante é que todos fiquem felizes!!!

Ele vive futebol… Qual o passeio na semana de férias da escola? Claro, o museu do futebol!

museu

E com o passar do tempo, essa coisa louca pelo futebol só aumenta… O mais impressionante aconteceu quando ele ganhou o álbum de figurinhas do Campeonato Brasileiro. (aliás, não consegui char outro louco que colecionasse esse álbum pra trocar uma figurinha sequer!!!)

Ele decorou cada time pelo brasão e cada jogador pela fisionomia, afinal, ele ainda não sabe ler. Eu também acharia exagero, se não o presenciasse abrindo os pacotes e falando o nome de cada time e o do jogador, em caso de repetidas… Detalhe, sem olhar o álbum… Claro que assim que ele dormia eu conferia e realmente eram repetidas… Juro, não sei explicar…

O álbum virou extensão do seu corpo. A todos que chegam em casa, ele pergunta o time; abre o álbum e mostrar os jogadores, como se para todos, o futebol fosse tão importante como é para ele. Chega a ser engraçado!

Ele sabe o time de todos os amiguinhos da classe, das professoras, dos seguranças da escola, dos porteiros do prédio, de todos da família, dos meus amigos e dos do pai… Presenteou os amigos e os porteiros com as figurinhas repetidas do time de preferência de cada um. Avisa quando tem jogo e o resultado. É capaz de assistir um dia inteiro de partida, de qualquer jogo, seja campeonato Brasileiro, Europeu ou várzea… Se estamos mudando de canal, ele sabe quando está passando jogo pois entre o nome dos 2 times existe um “X” e insiste em manter no canal!

Nos fins de semana só quer usar roupa de jogo, não importa o time… Não teve uma fase de vida que passasse sem uma camisetinha do timão… Certa vez, incorporou o goleiro Cassio, e acabou ganhando da avó um par de luvas!

timao

Pérolas: 1) a caminho da escola, avisei que caso ele sentisse frio, havia um moletom azul marinho na mala. Ele respondeu: “azul marinho, mamãe? Azul marinho parece Romarinho…”

2) Certo dia, chegando em casa ele avista um homem perto do prédio: “nossa mamãe, aquele homem parece o Márcio…” Perguntei que Marcio, obviamente. Ele respondeu “ai mãe, o Márcio Azevedo, lateral esquerdo do Botafogo”… Oi?

Nem eu sabia que existia tanto brinquedo relacionado a futebol! Ele tem mini pebolim, futebol de botão, jogo bate falta do Neymar, futebol clube, mini trave com bola inflável… Sem falar nas inúmeras bolas! Ele fica horas brincando com os amigos e com os adultos também! E na minha humilde opinião, muito melhor que gastar o tempo na frente de um vídeo game ou ipad…

fute 01

Mas, e nessa loucura, o que realmente importa? Pra mim, é esse amor inocente… A lição de respeito que ele dá nos adultos mais fanáticos… É a esperança de um dia as pessoas se preocuparem mais em torcer para o seu time do que agredir o torcedor do time adversário, seja verbalmente ou através de posts ridículos nas redes sociais…

E para aqueles que acham isso tudo uma bobagem, que a gente não aprende com os filhos, eu sugiro dar uma pausa – ainda que momentânea – na sua loucura diária e prestar mais atenção nas sábias e inocentes palavras dos pequenos… Tenho muito orgulho do meu pequeno fanático…

Vai curintha!!!

eric timao2

Onde achar?

Mesa de futebol de botão: Loja mega

Botões: Ri Happy

Mini Pebolim: Magazine Luiza

Jogo Futebol Club: Loja Brinca Mundo

Jogo Gol a Gol: RI Happy

Jogo Neymar bate falta: Ri Happy

Anúncios
Categorias: geral | Tags: , , , , , , , , , , | 8 Comentários

Navegação de Posts

8 opiniões sobre “O menino e seu amor pelo futebol

  1. viviane colino

    FÊ………………me emocionei…que lindo!!! bjus Vivi

  2. Ida Maria Zoellner (Zô)

    Esse meu neto é um anjo enviado por Deus, às nossas vidas. Ele parece de outro planeta. Nunca, n u n c a, em toda a minha vida, vi um menininho tão pequeno, entender e gostar tanto de futebol! Mas não é por isso que o acho tão especial; e sim pela sua maturidade, bondade, tolerância e compreensão, dentre tantas outras qualidades. Dá pra não ser avó coruja? Impossível!!!

  3. post lindo demais, amiga!
    talvez eu consiga entender o que é essa paixão por futebol pelos olhos do Eric… rs

  4. post lindo demais, amiga!
    talvez eu consiga entender essa paixão por futebol pelos olhos do Eric… rs!

  5. Pois é galera, o Eric é um menino de ouro….. 😉

  6. AMANDA GRISPINO

    lindo! Que fofo

  7. e eu tenho a honra de ser madrinha dessa coisa mais fofa,especial e sensacional que existe!!! amo muito mesmo! vejo menos do que gostaria mas esse menino de ouro mora no meu coração para sempre!!

  8. Malu Poli

    muito legal Fe, e quando o Eric resolver fazer Álbum do Brasileirão me ligue, pois fazemos todo ano!!!! bjos

palpita aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Mães Loucas

porque "mãe louca" é redundância.

Mãe-solteira recém-casada

porque "mãe louca" é redundância.

porque "mãe louca" é redundância.

Mamatraca

porque "mãe louca" é redundância.

bora.ai blog

bora aí blog - dicas

Minha Mãe que Disse!

porque "mãe louca" é redundância.

Pequena que pariu

porque "mãe louca" é redundância.

O Blog da Sofia

Tudo sobre bebês e ser mãe, da gravidez ao nascimento do filho.

%d blogueiros gostam disto: