Sobre BookCrossing e o consumo compartilhado

Você sabe o que é BookCrossing? Pois então te explico: BookCrossing é uma iniciativa criada por Ron Hornbaker em 2001 para a difusão e compartilhamento de livros pelo mundo. Hoje existem vários modos de fazer ‘bookcrossing’, mas o original, como descrito no site, é escolher um livro para ser ‘solto’ no mundo, colar nele uma etiqueta explicativa da iniciativa, que pode ser adquirida gratuitamente no site, e ‘esquecer’ o livro num lugar qualquer de sua escolha. Assim que o livro for ‘resgatado’, a pessoa deve entrar no site e colocar o número do livro, que consta na etiqueta, para que o ‘libertador’ saiba quem o resgatou, quando e onde. Nessa brincadeira, uma rede mundial foi criada e várias pessoas se reúnem para trocar livros, experiências e fotos relativas ao BookCrossing.

Entretanto, há modos mais práticos de se fazer ‘bookcrossing’. Você pode simplesmente escolher um livro seu para ‘esquecer’ por aí e torcer para que ele seja ‘resgatado’ por alguém que vá lê-lo. A ideia é difundir a leitura e fazer com que as pessoas retomem o prazer e o hábito de ler. É uma iniciativa simples e linda!

Fiquei sabendo que existe uma iniciativa nacional chamada BookCrossing Blogueiro, que já está na quinta edição! Trata-se do mesmo conceito básico do Hornbaker, com a diferença de ser compartilhado via blogs. A ideia é escrever um bilhetinho contando sobre a iniciativa e colocá-lo dentro do livro, ‘esquecer’ o livro em algum lugar público e fotografar tanto o ‘esquecimento’ quanto o ‘resgate’. Daí é só postar as fotos e informações do seu ‘bookcrossing’ na página deles do Facebook ou no seu blog e linkar para a comunidade, para que todos possam saber como foi sua experiência.

Eu simplesmente AMO essa iniciativa! Por vários motivos: primeiro, eu acho que ter livros guardados é como sonegar informação. Se você já leu o livro e gostou, por que não dividi-lo com outros leitores? Seu livro vai ter mais utilidade para o desenvolvimento de uma pessoa do que para as traças da sua estante. Segundo: qualquer coisa compartilhada é muito mais divertida! Imagine ter em mãos algo que já pertenceu a outra pessoa, que fez parte da história de outra pessoa? Demais! Terceiro: passar coisas adiante (livros, roupas, brinquedos, oportunidades, histórias, dinheiro etc.) fortalece nossa generosidade, reduz o consumo, diminui a poluição e o descarte desnecessário e amadurece nossa percepção de que não estamos sozinhos no mundo. E quarto (e mais abrangente): doar nos ajuda a praticar o desapego material, coisa tão fundamental e difícil hoje em dia. Quem tem menos ‘pertences’ tem menos a perder e aprende a valorizar aquilo que não pode ser comprado, armazenado e guardado longe dos olhos dos outros.

Acho que deu para entender o quanto eu admiro essa iniciativa, né? Rs

A quinta edição do BookCrossing Blogueiro termina esta sexta, dia 16/11. Contudo, a ideia de passar um livro adiante pode ser realizada a qualquer momento, em qualquer lugar, via site ou extra-oficialmente. Por que você não aproveita o feriadão e ‘liberta’ um ou mais livros durante sua viagem? Já pensou nas possibilidades que um ato simples como este pode gerar? Então, na sua mala não esqueça de levar protetor solar (ou um guarda-chuva…), óculos escuros e muitos livros, e boa viagem!

Anúncios
Categorias: ideias | Tags: , , , , , | 3 Comentários

Navegação de Posts

3 opiniões sobre “Sobre BookCrossing e o consumo compartilhado

  1. No quarto de um hotel em que me hospedei, tinha livros que o hóspede podia levar e deixar o que acabou de ler. Não é um lugar perfeito para essa troca?

  2. Amei as suas explicações e a divulgação do BookCrossing Blogueiro!
    Quanto a questão de fotografar, não é preciso realmente, mas se puder documentar, tanto melhor. Os bloggers adoram fotografar! Na maioria das vezes, as pessoas se sentem inibidas em fotografar porque a libertação é feita de modo sorrateiro 🙂

palpita aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Mães Loucas

porque "mãe louca" é redundância.

Mãe-solteira recém-casada

porque "mãe louca" é redundância.

porque "mãe louca" é redundância.

Mamatraca

porque "mãe louca" é redundância.

bora.ai blog

bora aí blog - dicas

Minha Mãe que Disse!

porque "mãe louca" é redundância.

Pequena que pariu

porque "mãe louca" é redundância.

O Blog da Sofia

Tudo sobre bebês e ser mãe, da gravidez ao nascimento do filho.

%d blogueiros gostam disto: