Amazônia é, sim, um destino para viajar com as crianças!

Quando falei para algumas pessoas que nós iríamos pra Amazônia com a Rafa (e na época ela tinha um ano), todos acharam que a gente era louco: “E os bichos? E as doenças? E as picadas?”.

Eu sabia que não era louca, pois obviamente dei uma pesquisada antes de tomar essa decisão, e conversei bastante com o pessoal do hotel onde ficamos.

Posso dizer que foi uma das melhores viagens que já fizemos, pra mim, pro meu marido e pra Rafa. Tudo bem que ela não se lembra de nada, mas foi impressionante o desenvolvimento dela em apenas uma semana fora da rotina.

No planejamento da viagem decidimos ficar duas noites em Manaus e quatro noites em um hotel de selva. Depois disso, compramos as passagens, reservamos os hotéis, tomamos as vacinas de febre amarela, compramos repelente Exposis e fizemos as malas!

Um item que não podia faltar era a mochila de carregar bebês e crianças. Essa aí de baixo. Ganhamos de presente e foi muito, mas muito útil. Não só nessa viagem mas em várias outras. A Rafa amava andar (ou melhor, sentar) na mochila. E quando estava cansada, dormia por lá mesmo, feito um anjinho.

Chegando a Manaus fomos direto para o hotel Tropical, o melhor da cidade. É um hotel grande, com piscina bem gostosa, mini zoológico, comida maravilhosa. Não é um hotel muito novo, o corredor tinha cheiro de velho, mas vale a pena.

Na cidade de Manaus não há muito o que fazer, então além de curtir o hotel fomos dar uma volta no centro, que não é muito interessante, mas eu sou da opinião de que mesmo assim vale a pena, afinal podemos dizer que conhecemos o centro de Manaus.

No outro dia alugamos um carro e fomos conhecer a cidade de Presidente Figueiredo, com suas inúmeras cachoeiras. É apenas 1 hora de Manaus e maravilhoso! Em algumas horas conhecemos umas três cachoeiras e almoçamos na cidade. A Rafa amou nadar nas águas geladas dos rios; também pudera, imaginem o calor?!

No 3º dia fomos ao tão esperado hotel de selva, o Amazon Ecopark. O receptivo do hotel pegou a gente no Tropical, nos levou ao píer e de lá pegamos um barco e navegamos por uns 40 minutos até avistar a areia branquinha da praia de rio do Ecopark. Ah, e sabem por que não nos preocupamos com as picadas de insetos? Porque o rio Tarumã-Açu, onde fica o hotel, é negro e ácido, e com isso, não tem muito mosquito.

Chegando lá fomos recepcionados com sucos tropicais e uma deliciosa banana frita (que vicia, de tão gostosa!). Fomos então conhecer o hotel. Logo à primeira vista me apaixonei! Praia de rio, piscina natural, macaquinhos nas árvores, mato, cheiro bom, ar puro, peixes deliciosos nas refeições….hum… me dá saudades!

A diária do hotel já inclui pensão completa e passeios todos os dias. Fomos conhecer uma aldeia indígena, não é a coisa mais verdadeira do mundo, pois os índios estão lá prontos pra atender os turistas, mas mesmo assim é divertido. Os índios piraram na loirinha Rafa, e a Rafa adorou brincar com os indiozinhos.

Também fizemos uma trilha na mata para ver formigas gigantes, ninhos de passarinhos, plantas e árvores típicas, conhecemos e aprendemos a usar zarabatanas indígenas, muito legal.

Bem perto do hotel tem a Floresta dos Macacos. Lá eles reabilitam macacos e depois colocam na floresta novamente. São vários e vários macaquinhos de todas as carinhas, a Rafa ficou alucinada!

Tem vários passeios de barco: para pescar piranhas, para fazer focagem de jacarés, para conhecer o famoso Encontro das Águas, para conhecer comunidades ribeirinhas e várias outras coisas, afinal só se chega e sai do Ecopark de barco.

Aliás, a pequena saiu de lá com várias palavras novas no vocabulário: “acalé”, “cacaco”, “baco”…. são tantos bichinhos, muito legal pra criançada!

Normalmente as pessoas ficam quatro dias no hotel de selva, mas aproveitamos para ficar cinco e ter um dia inteiro para curtir a praia de rio e a piscina natural. Hum… que sensacional: calor, mergulho no rio, banho de sol na areia branquinha, almoço regado a bastante pirarucu, cerveja gelada, mergulho na piscina natural….

Acho que vou parar por aqui, estou ficando nostálgica de lembrar esses momentos deliciosos!

E vocês que acham que Amazônia não combina com crianças, estão muito enganados. Acho que as fotos dizem tudo, né?

Até a próxima semana!

Anúncios
Categorias: geral | 6 Comentários

Navegação de Posts

6 opiniões sobre “Amazônia é, sim, um destino para viajar com as crianças!

  1. Pati

    Nossa que legal! Muito boa a sua dica, principalmente para quem pensa que criança é algo que limita as possibilidades para saír e se divertir… basta ter vontade e planejar com cuidado…. adore i!!!! Me surpreendeu…

  2. Vanessa

    Adorei ,Sharita…para mães receosas de viajar com os filhos ,você mostrou detalhadamente que a Vida é simples…a gente é que complica!!!Adorei o Blog!!!Parabéns!!

  3. Muito bom o teu relato Sharon …. adorei …

  4. AMANDA GRISPINO

    Amei!!!!!
    Estou bem afim de um roteiro bem Brazuca com a nossa Pequena! Dicas muito bacanas!

  5. Gabriela

    Nossa… não tinha visto estas fotos…. Confesso que nunca tive vontade de ir para Amazônia… mas vendo estas fotos fiquei com vontade de ir com as cças… vou colocar na minha listinha de lugares que ainda pretendo conhecer e levar as cças!!!!

  6. Ameiiiiiiiiiiiii! Estou indo m~es que vem com minha pequena de 1a5m e fiquei empolgada. Acho que ela vai amarrrr! E nós tb!

palpita aí!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Mães Loucas

porque "mãe louca" é redundância.

Mãe-solteira recém-casada

porque "mãe louca" é redundância.

porque "mãe louca" é redundância.

Mamatraca

porque "mãe louca" é redundância.

bora.ai blog

bora aí blog - dicas

Minha Mãe que Disse!

porque "mãe louca" é redundância.

Pequena que pariu

porque "mãe louca" é redundância.

O Blog da Sofia

Tudo sobre bebês e ser mãe, da gravidez ao nascimento do filho.

%d blogueiros gostam disto: